O que são Criptomoedas e como Ganhar Dinheiro com Elas

CRIPTOMOEDAS DICAS DINHEIRO NA INTERNET TRABALHE EM CASA

Quem acompanha o mercado financeiro, ou mesmo que de longe, certamente já foi surpreendido pelos altos e baixos de moedas digitais no noticiário. A mais famosa delas é o Bitcoin, mas muitas outras também já têm relevância e também caíram no gosto de grandes investidores. Mas o que é uma criptomoeda? Como funcionam esses ativos e como negociá-los?

Pensando em quem quer dar os primeiros passos no mundo das moedas digitais, essa classe de ativos relativamente nova no mercado, e precisa saber por onde começar, vamos abordar de uma força rápida o mercado e seus riscos.

O que é Bitcoin ?

bitcoin foi a primeira moeda virtual do mundo. Ou seja, ela não existe em papel nem em nenhum lugar além de sistemas digitais. Além disso, é uma moeda descentralizada, o que significa que não existem bancos ou governos que atuam como intermediários.

bitcoin é uma criptomoeda, termo usado para moedas que só existem na internet. Apesar de serem reais, não há versão física desse dinheiro. Além disso, são as próprias pessoas que, de forma geral, podem enviar ou receber bitcoins. 

Outro detalhe relacionado ao bitcoin é que ele é um dinheiro limitado. A tecnologia envolvida na criação da moeda permite que sejam emitidos (virtualmente, claro) até 21 milhões de bitcoins. Ao mesmo tempo, ele opera por meio de uma rede descentralizada conhecida como blockchain (corrente de blocos, em tradução livre para o português). Esse sistema permite o rastreio de envio e recebimento de bitcoin por meio de pedaços de códigos com dados.

Outra tecnologia relacionada à primeira moeda virtual do mundo  é a criptografia, que é uma camada de segurança que dificulta a ação de criminosos ao deixar informações mais complexas. Esse recurso é similar ao usado para garantir a segurança de contas digitais de Bancos.

Como funciona e como negociá-los?

As criptomoedas são negociadas na internet em redes próprias. O bitcoin usa o blockchain para isso. Nesse sistema, as pessoas conseguem comercializar a moeda de forma anônima. Os 3 principais jeitos de comercializar bitcoin são:

– Comprar bitcoins de empresas especializadas na comercialização da criptomoeda, conhecidas como exchanges ou corretoras, que reúnem compradores e vendedores em um determinado ambiente digital

– Negociar diretamente com outros usuários a compra e venda da moeda virtual

– Mineirar bitcoins, termo que significa usar computadores de alto desempenho para que a rede usada nas transações de criptomoedas funcione.

Para adquirir bitcoins, é preciso passar dinheiro em reais (R$) ou na moeda do país para uma conta de corretora ou que está no ambiente blockchain. Isso pode ser feito por transferência bancária ou PIX, por exemplo.

O preço do bitcoin é volátil. Por ter quantidade limitada, vale a lei da oferta e demanda: quanto menos bitcoins disponíveis, mais alto tende a ser o preço. 

É possível também fracionar uma unidade de bitcoin em até 100 milhões de partes, o que permite adquirir a moeda digital por preços mais baixos do que a cotação da criptomoeda em si.

O bitcoin também pode ganhar ou perder valor conforme o desempenho de outras moedas, em especial o dólar. 

Crie uma conta gratuita na maior Corretora de Criptomoedas do mundo e
negocie de forma simples e rápida
>> Binance.com

Como investir em criptomoedas ?

Existem algumas formas de investir ou adquirir Bitcoins e outras criptomoedas. É possível comprar cotas de fundos de criptomoedas, negociá-las diretamente em uma corretora especializada (também conhecida como exchange), aceitando as moedas digitais como pagamento em algum negócio ou ainda minerando.

Adquirir cotas de fundos é uma das formas mais simples. Em 2018, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) permitiu que os fundos brasileiros fizessem investimentos indiretos em criptomoedas no exterior – comprando derivativos ou cotas de outros fundos, por exemplo.

Também é possível investir em criptomoedas por meio de ETFs (Exchange Traded Funds), ou seja, um fundo de investimento que é negociado na bolsa de valores como uma ação.

Outra forma relativamente simples de investir em Bitcoins e outras criptomoedas é por meio de uma corretora especializada. Existem algumas casas no Brasil, chamadas de exchanges, que oferecem esse tipo de serviço.

Crie uma conta gratuita na maior Corretora de Criptomoedas do mundo e
negocie de forma simples e rápida
>> Binance.com

Formas de ganhar Dinheiro com Criptomoedas

Para ganhar dinheiro com investimento em Criptomoedas, além das formas acima de investimentos, existem outras formas, que apresentaremos aqui:

HOLDER – é uma estratégia de investimento voltada para o longo prazo, usualmente mais de um ano. Neste caso, o investidor não precisa conhecer análise técnica, nem dispor de tempo para acompanhar o mercado, como nas demais estratégias. Compram-se as moedas digitais e aguarda-se um longo período para valorização.

TRADE – Todo trade é baseado em variações do preço da criptomoeda. Espera-se comprar um ativo e vende-lo depois que ele valorizar. Mas o período que você irá “esperar” para realizar uma compra ou venda é justamente o que define sua estratégia.

Veja tipos de Trade: day trade, as operações são feitas em um único dia. Ou seja, no mesmo dia você aproveita as baixas para comprar e as altas para vender e, assim, realizar o lucro. Swing trade, esse período é maior, de no mínimo alguns dias ou semanas.

MINERAÇÃO – é o processo onde se utiliza equipamentos para validação método PoW (prova de trabalho) em uma rede chamada Blockchain visando validar transações de outros usuários, onde se recebe recompensas em moedas para essa atividade. Esse método já é muito criticado, pois a mineração cripto não é algo sustentável, já que milhares de máquinas precisam estar ligadas ao mesmo tempo consumindo um grande volume de energia. Outro mecanismo muito conhecido e que visa substituir o insustentável modelo PoW é o método PoS (prova de participação) Em vez de solucionar um quebra-cabeça matemático, um nó (participante da rede) garante o direito de transmitir o bloco de transações à rede com base na quantia que está “bloqueada” (“aplicada”) na rede, ou seja, a quantia em staking de seus criptoativos. Quando soluciona o quebra-cabeça da rede, recebe uma recompensa na forma do token principal da rede.

Nossas considerações finais é que antes de optar por investir em uma criptomoeda, a recomendação é estudar com calma como funciona esse mercado. 

Lembramos que este é um texto opinativo. Você não deve considerar esse texto como uma recomendação de investimentos, mas caso o faça estará realizando por sua conta é risco.

Deixe uma resposta